Confrontar a realidade

Então ela hoje deu um passo importante…

É verdade. E foi tão verdadeiro como duro. Fui experimentar um treino 🏋🏻‍♀️ no paredão. Tudo começou quando a Rita me desafiou para ir com ela…  passaram-se muitas semanas até se alinharem os astros e eu dar o passo de decidir ir, e que passo, arranquei-o a ferros de dentro de mim.

Porque sabia, inconscientemente que isto ia mexer e bater à porta de muuuuitos temas que os finjo não ver no dia a dia e que me maçam,  perturbam.

Tive que confrontar e verbalizar que não fazia ginástica ou exercício físico há mais de 10 anos…

Tive que confrontar que estava em muito mau estado físico …

Tive que confrontar que tenho mais de 15kg a perder, e que as ver as filmagens e imagens do nosso treino, realizar que estou de facto tão pior do que aquilo que vejo todos os dias ao espelho, foi um pontapé na cara. Vi-me como nunca, tão grande…

Tive de me olhar para dentro e perceber que não estou bem nem está tudo bem. E graças à ajuda de uma pessoa que segue o blogue pelo o instagram e que me disse que tinha ficado triste com a maneira com que eu me tratei em relação a este tema hoje nos stories (no fundo fui bruta comigo mesma), percebi que ela tinha razão.

A minha decepção comigo mesma é tão grande, que só me apetece aniquilar-me e fazer muito bullying comigo mesma. Não, isso não é solução, acho que foi resultado do back tão grande que tive.

É verdade, tenho 2 filhos lindos na vida, e ainda que o corpo tenha mudado muito, por eles voltava ao zero e passava por tudo de novo se fosse preciso.

Sei que com tudo isto perdi totalmente o foco de mim mesma… sei que me dedico aos outros a tempo inteiro e estou-me nas tintas para mim. Vejo em tantos dias que passam, que perdi algum do amor e carinho que tive por mim, desfoquei-me de mim mesma.

E percebi pelas mensagens que enviaram que devemos pensar e cuidar de nós.

Tenho a cabeça tão pesada hoje, mas vou dormir com toda a certeza de que tenho que ser boazinha também para mim, é imperativo.

Haverei de encontrar forças e hei de encontrar, algures, esse tal foco.

Beijinhos e mais beijinhos,

Mu

No Comments

Post A Comment